A retrospectiva é uma etapa importante para melhoria contínua dos times. Parar o que se está fazendo para refletir o que está dando certo e, principalmente, o que podemos melhorar.

Segundo Esther Derby e Diana Larsen, autoras do livro “Agile Retrospectives”, elas categorizam a reunião em 5 momentos:

  • Abertura – o momento para se estabelecer um ambiente que favoreça as pessoas a falaram de forma franca e aberta, revisar os objetivos da reunião;
  • Colher dados – momento para trazer as perspectivas de cada membro do time sobre a sprint que se passou criando uma imagem compartilhada para todos;
  • Gerar ideias – aqui se discute sobre os assuntos levantados no momento anterior, se aprofundando nos assuntos através de atividades que auxiliam esse fim;
  • Decidir o que fazer – finalmente se elencam pequenas melhorias que farão diferença para o time;
  • Fechamento – Se resume como o time seguirá o plano e os comprometimentos. Usa-se esse momento para agradecer o time pelo trabalho duro e após pode-se fazer um debrief para melhorar a retrospectiva na próxima vez.

Baseado nessa estrutura, este blog visa coletar práticas e atividades de cada etapa para que possamos variar as retrospectivas com nossos times e trazer maior dinâmica e resultados melhores.

O objetivo é termos uma grande coletânea de práticas bem escritas e ir além da simples receita, mas também relatos da experiência do autor que aplicou, fotos para auxiliar na visualização da atividade e sempre que possível conteúdo extra, com dicas para outros contextos, como times distribuídos geograficamente ou variações da mesma prática, por exemplo.

Acompanhe a cada semana novas atividades sendo postadas para ampliar seu leque de possibilidades!! Vem com a gente!

Abraço!

 

Anúncios